Tel: (49) 9116 8337 | e-mail: contato@portaldocontestado.com.br



30-10-2019
São Cristóvão do Sul conta com Médica Veterinária

Maria Luiza, nova médica, foi recepcionada pela prefeita Sisi Blind


Foto:Divulgação

Desde a última quinta-feira (24), o quadro de servidores passou a contar com uma médica veterinária, aprovada no último concurso público municipal, lotada junto à Secretaria Municipal de Agricultura.

Maria Luiza Zanotto Neta, natural de Tangará e atualmente residente em Curitibanos, é formada desde 2001 pela Universidade do Estado de Santa Catarina - Udesc, de Lages, e foi atraída pela vaga por ter a certeza de que, por ser numa cidade pequena e ainda jovem, poderia colocar em prática novos projetos e contribuir para o crescimento do município. "Desde que comecei a acompanhar o município, por meio das suas redes sociais, percebi um trabalho muito bacana em relação a qualidade de vida das pessoas, despertando a vontade de fazer parte disso", revelou a médica.
De acordo com o secretário de Agricultura Aluir Suppi (Laco), a profissional chega ao município com duas importantes demandas apontadas pela Secretaria de
Agricultura: a de desenvolver, através da busca pela parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, de Curitibanos, um projeto para diminuição dos cães de rua de SCS, com a realização de castrações e implantação de um espaço para recuperação pós-operatória desses animais; e a de implantar o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), para viabilizar a venda de produtos de origem animal da agricultura familiar, alavancando o incentivo aos produtores rurais do município. "São demandas que merecem a nossa atenção, especialmente em atendimento aos pedidos da própria população. Ambas já estão na pauta da nossa médica veterinária e, em breve, teremos novidades", comemora.

Apesar de manter a prioridade para o atendimento ao interior, a nova médica, que cumpre carga horária de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas, na Secretaria de Agricultura, também destaca que um dos seus objetivos é trabalhar com educação sanitária, tanto na cidade quanto no interior, nas escolas e na comunidade. "É preciso preparar as pessoas. Informar, esclarecer. Pretendo trabalhar com a questão da castração, que ainda enfrenta muito preconceito por desconhecimento dos seus benefícios para a saúde do animal e saúde pública em geral, prevenindo a disseminação de doenças, os maus tratos e os casos de abandono. Além disso, precisamos nos perguntar: animal de rua ou na rua? É isso que queremos fazer, conscientizar, contando, para isso, com a parceria dos órgãos que mantem um canal aberto com o poder público, como Epagri, Cidasc, Defesa Civil e Vigilância Sanitária, além das demais secretarias", adiantou.

Conforme Maria Luiza, seria muito importante que o município tivesse um ambulatório para o atendimento de animais, e este será um dos seus projetos para o futuro, inclusive com a ideia de trabalhar em conjunto com as pessoas que já trabalham com ações de proteção aos animais. "Ainda estou me inteirando das atividades da Secretaria de Agricultura, conhecendo as famílias e visitando as localidades do interior. Estou sendo muito bem recebida por todos, especialmente pela equipe da Secretaria de Agricultura. Pretendo retribuir a receptividade com muito trabalho e dedicação, buscando sempre desenvolver um trabalho conjunto para corresponder às expectativas de toda a população", concluiu.

Fonte: Imprensa Município de SCS





Portal do Contestado

Notícias de Curitibanos e Região.

Fone: (49) 91168337

E-mail: contato@portaldocontestado.com.br